O formato CPM é apenas utilizado em banners de publicidade, e é um valor pago pela empresa/anunciante para cada 1000 impressões que esse banner realiza na sua página. Para não o confundir facilmente, o número de impressões do banner pode ser facilmente calculado pelo número de pageviews do seu blog. Sempre que um usuário acessa o seu blog, ele gera 1 (um) pageview e, consequentemente, 1 (uma) impressão do banner publicitário (partindo do princípio de que o banner se encontra visível em todas as páginas. Ex.: barra lateral).
"Jim Boykin blows my mind every time I talk to him. I have been doing SEO for 15 years and yet I am amazed at the deep stuff Jim comes up with. Simply amazing insights and always on the cutting edge. He cuts through the BS and tells you what really works and what doesn't. After our chat, I grabbed my main SEO guy and took him to lunch and said 'you have to help me process all this new info...' I was literally pacing around the room...I have so many new ideas to experiment with that I would never have stumbled onto on my own. He is the Michael Jordan or the Jerry Garcia of links...Hope to go to NY again to Jim's amazing SEO classes. Thanks Jim!" Michael G.
"One client was very happy with his rankings so he sent the entire team to Atlantic City, all expenses paid. Then he said, 'I loved hearing that you all enjoyed the trip. It's great giving back the joy that I get from seeing us going up in rank. I am hoping to present more such rewards for the remarkable job you are continuing to do, and for Jim's brilliant leadership.'" Rafael D.
O custo por ação, tal como a própria ação, é uma métrica que a própria empresa/anunciante decide e passa para o afiliado, neste caso, você. Dependendo do tipo de nicho de mercado, a ação poderá ser um cadastro, um depósito em dinheiro, ou uma outra ação qualquer. Existem campanhas de sites de emprego, por exemplo, que pagam um valor fixo de CPA para que os afiliados (você) promovam a empresa e consigam usuários para se cadastrarem no site e concorrerem a vagas. Isso seria uma ação. Para cada usuário cadastrado no site de empregos e indicado por você, você recebe um valor fixo, chamado de CPA.
Search Engine Marketing (SEM), permite tirar partido dos links pagos nos motores de pesquisa, esta técnica refere-se a criar o máximo de links patrocinados nos principais motores de busca (como Google ou Yahoo!). Comprar palavras-chave relacionadas com a actividade, com direito a um espaço muito limitado para definir um texto, com o qual se pretende atrair a atenção dos internautas para um link para o site, este meio tem custos mas pode dar muito retorno.
O CPL é muito idêntico ao CPA, mas com uma pequena diferença: a validação das leads. No CPL, você não é remunerado pela ação, mas sim pelo fato de a ação ser validada. Um bom exemplo de um programa deste gênero é o programa de recrutamento de novos afiliados para plataformas como a UpRise40, Netlucro, Netfilia, Netaffiliation ou a Public-Idées, por exemplo. Nestes casos, o afiliado não é remunerado pelos usuários que se inscrevem nas plataformas, mas sim pelos usuários que se inscrevem e são aceitos pelas plataformas para começarem a correr as campanhas de afiliados. Esta é a grande diferença entre a ação e a lead válida.
One way marketers can reach out to consumers, and understand their thought process is through what is called an empathy map. An empathy map is a four step process. The first step is through asking questions that the consumer would be thinking in their demographic. The second step is to describe the feelings that the consumer may be having. The third step is to think about what the consumer would say in their situation. The final step is to imagine what the consumer will try to do based on the other three steps. This map is so marketing teams can put themselves in their target demographics shoes.[69] Web Analytics are also a very important way to understand consumers. They show the habits that people have online for each website.[70] One particular form of these analytics is predictive analytics which helps marketers figure out what route consumers are on. This uses the information gathered from other analytics, and then creates different predictions of what people will do so that companies can strategize on what to do next, according to the peoples trends.[71]
Estou estudando as técnicas para trabalhar como afiliado, tanto para produzir um bom anúncio, como para confeccionar uma boa página. Porém, venho procurando a resposta para a seguinte pergunta: Por que é necessária a participação do afiliado na divulgação do produto, se o próprio interessado já pode entrar no site das “operadoras”, pesquisar o produto de seu interesse e ir comprar?

"You couldn't attach yourself to anyone better than Jim. As far as I'm concerned he's worth EVERY penny he will charge you. Jim is a straight shooter, goes above and beyond when called for, and will be committed to the things he tells you he can do. My business has exploded on the internet and I don't plan on looking back. Jim will tell you what he can deliver and I feel like he is one of the nicest, most down to earth business people I've ever dealt with." Fred J.


In order to engage customers, retailers must shift from a linear marketing approach of one-way communication to a value exchange model of mutual dialogue and benefit-sharing between provider and consumer.[21] Exchanges are more non-linear, free flowing, and both one-to-many or one-on-one.[5] The spread of information and awareness can occur across numerous channels, such as the blogosphere, YouTube, Facebook, Instagram, Snapchat, Pinterest, and a variety of other platforms. Online communities and social networks allow individuals to easily create content and publicly publish their opinions, experiences, and thoughts and feelings about many topics and products, hyper-accelerating the diffusion of information.[22]
Então veja, manda esse email para 100 dos seus amigos, e desses 100, 10 reencaminham para mais 100. Isto dá um total de 1000 pessoas a lerem o email. Mesmo que o lucro por compra não seja muito elevado, vamos assumir que reçebemos 3€ por cada venda, e que apenas 10% das pessoas que leram se sentiram suficientemente interessadas compraram, ficamos com um total de 100 pessoas a comprar o produto. Ora o nosso lucro irá ser de 3€ x 100 pessoas o que dá um total de 300€ apenas por menos de 1-2 horas de trabalho!
Segunda geração da Web onde o conceito é a Web como plataforma, para uma comunidade e serviços na internet, com realce na colaboração e na partilha de informação. Há mais de 10 anos quando surgiu o e-marketing, os sites eram um género de cartão de visita sofisticado, que algumas empresas “mais na moda”, utilizavam para se apresentar a potenciais clientes na internet. A tecnologia tem permitido a evolução deste conceito até converter os sites iniciais em verdadeiras ferramentas de e-branding: a venda pela internet não é obrigatória; ou até mesmo aconselhável em certas ocasiões, algumas vezes a verdadeira chave para o sucesso é ser capaz de induzir o visitante a comprar através de um diferente canal. Para ajudar a atingir esse objectivo, nada melhor do que, permitir aos utilizadores que conheçam o negócio através de sites interactivos e social media que lhes possibilitem ter um papel activo no desenvolvimento de conteúdos. Existem muitos exemplos, o melhor é olhar para os rankings dos melhores sites do ano por sector para perceber o que melhor se faz nesta área.
O GPRs electrónico (e-GPRs) ou iGRPs (“i” de interactivo), consiste em estimar o número de utilizadores únicos[4][5] (diferente de visitas: número de visitantes que acede a um website num determinado período de tempo, a partir de uma morada IP única; se um utilizador visitar o mesmo site duas vezes no mesmo período, apenas é considerado um visitante) que serão alcançados através de qualquer canal online e correlacioná-lo com o número de impressões. O que cria uma relação (e-GPRs) que pode ser comparada com o GPRs tradicional, o que vai permitir que o Return on investment (ROI) da campanha de b-Marketing possa ser optimizado.
O mercado de marketing de afiliados é, na verdade, uma oportunidade tremenda para ganhar dinheiro na internet e continuará sendo durante muitos e longos anos. No entanto, e tal como acontece em outros mercados, existem profissionais que fazem as coisas do jeito certo e profissionais que fazem as coisas do jeito errado. Você precisará entender primeiro como tudo isso funciona e quais são as suas possibilidades, de modo a tentar extrair o máximo potencial dos seus projetos. Outra coisa importante é que marketing de afiliados não tem nada a ver com marketing multinível; são dois mercados totalmente diferentes.
×