O mesmo acontece quando você começa a trabalhar com publicidade, anunciando as ofertas diretamente. É bem provável que você gaste imenso dinheiro inicialmente até encontrar o jeito certo de converter seus anúncios em vendas. Isso é perfeitamente normal e muito comum nesse mercado, portanto, considere aprender o máximo sobre marketing de afiliados, conversão, publicidade, etc., e vá testando o máximo que puder até encontrar a fórmula perfeita para o tipo de produto que você está divulgando.
Na internet, esse modelo de comissão sobre as vendas é chamado de marketing de afiliados ou affiliate marketing (em inglês). O primeiro programa de afiliados na internet foi criado em 1996 pela Amazon e se chamava Amazon Associates. O programa continua existindo até hoje e foi um dos principais propulsores de crescimento da Amazon, uma vez que milhares de afiliados promoviam os produtos da empresa nos Estados Unidos, recebendo uma fatia sobre as vendas. Caso eles não gerassem vendas, a Amazon também não estaria investindo dinheiro nenhum com essa publicidade, uma vez que ela pagaria uma comissão somente por vendas realizadas.
Os banners tradicionais de animações cíclicas estão prestes a tornar-se ferramentas de baixo custo. Estão a ser substituídos por uma nova geração de propaganda visual e chamado Rich Media Advertising, que, sendo uma mistura de jogos online de Internet e spots de TV (aumenta CTR). É uma nova ferramenta de publicidade online com base na contratação de espaço comercial de média digital, cujo conteúdo enriquecido por vídeo streaming com as mais recentes técnicas de animação, bem como softwares para download que se podem interagir.
Ao contrário do que muitos afiliados acham, anúncios também precisam ser relevantes para o seu público-alvo. Existem imensos afiliados que promovem produtos através de anúncios de Facebook, Google AdWords e native ads, sem se preocuparem minimamente com a relevância do produto para o público-alvo. Muitos deles utilizam inclusive estratégias de copywriting com o objetivo de enganar esse público e levá-lo a clicar nos anúncios.
Se você tem um blog sobre automóveis e sai divulgando programas de afiliados sobre como perder peso, porque você acha que todo mundo precisa emagrecer, é bem provável que não vá funcionar. Entender seu público e como ele se comporta dentro do seu site ou blog é fundamental para o sucesso das suas campanhas de marketing de afiliados. Quanto mais relevantes seus anúncios forem para a sua audiência, maiores serão as suas chances de ser bem sucedido. Se você imaginar que até o Google tornou seus anúncios contextualizados com o conteúdo de sites e blogs, você entende a importância de ser relevante.
Es el cofundador de Neil Patel Digital. The Wall Street Journal lo llama el influenciador más importante en Internet, Forbes dice que es uno de los 10 especialistas en marketing más importantes, y Entrepreneur Magazine dice que creó una de las empresas más brillantes. Neil es autor best seller del New York Times y fue reconocido como uno de los 100 empresarios más importantes menores de 30 años por el presidente Obama, y como uno de los 100 más importantes menores de 35 años por las Naciones Unidas.
O mercado de marketing de afiliados é, na verdade, uma oportunidade tremenda para ganhar dinheiro na internet e continuará sendo durante muitos e longos anos. No entanto, e tal como acontece em outros mercados, existem profissionais que fazem as coisas do jeito certo e profissionais que fazem as coisas do jeito errado. Você precisará entender primeiro como tudo isso funciona e quais são as suas possibilidades, de modo a tentar extrair o máximo potencial dos seus projetos. Outra coisa importante é que marketing de afiliados não tem nada a ver com marketing multinível; são dois mercados totalmente diferentes.
×